Há algum tempo que comento em diversos posts aqui no blog que alongar antes do exercício não ajuda, na verdade pode atrapalhar o desempenho. A revista Veja dessa semana dedicou uma página sobre o assunto e quando a Veja fala, todo mundo acredita, né?! Portanto já que o assunto ganhou força vamos conversar e entender um pouco mais que papo é esse que alongar antes do exercício não ajuda.

Para começar vamos deixar claro que durante todos esses anos em quando seu professor disse que era preciso alongar antes e depois do exercício, ele não estava errado, era isso mesmo que acreditávamos. Com o passar do tempo e baseado em estudos científicos descobriu-se justamente o oposto. A primeira vez que li sobre o assunto tem pelo menos 5 anos!

Apesar das evidências serem claras ao demonstrarem que o alongar antes do exercício não ajuda, o motivo pelo qual acontece ainda não é conhecido. Isso ocorre pois a própria contração muscular é explicada por uma teoria, a teoria dos filamentos deslizantes (leia aqui).

Alongar-antes-do-exercicio-nao-ajuda

Alongar antes do exercício não ajuda

As descobertas mais recentes sobre o assunto mostraram que alongar antes do exercício reduz a força em 5,5%, a capacidade de produzir contrações em 2% e a aptidão para treinos de explosão em 2,8%. Um estudo específico feito com praticantes de musculação mostrou que 8,3% dos estudados levantam menos peso quando alongam antes do treino.

Além disso alongar após o exercício também pode ser prejudicial e levar à lesões. Então como fazer?

Alongamento é importante e não deve ser visto como vilão

Exercícios de alongamento continuam sendo importantes na manutenção da saúde e na melhora da performance no esporte e não devem deixar de serem feitos. O que mudou foi apenas quando devemos fazê-los.

A recomendação é escolher um dia específico para alongar e quando isso não for possível esperar pelo menos duas horas após o treino de força ou resistência para alongar.

É importante ressaltar que alongamento não é aquecimento, muitas pessoas confundem os conceitos, muitas vezes por culpa dos próprios professores que usam exercícios de flexibilidade no momento do aquecimento. O aquecimento deve ser feito com movimentos semelhantes ou iguais ao exercício principal, mas em menor intensidade. Para entender melhor sobre aquecimento clique aqui para ler.