Muitos concursos públicos exigem que seus candidatos passem por testes físicos. Concursos para a polícia, corpo de bombeiros, lixeiro e outras funções que necessitem um preparo físico mínimo exigem que sejam feitos alguns exercícios como critério eliminatório e/ou classificatório.

Recebo inúmeras consultas sobre como conseguir fazer este ou aquele exercío para passar na prova e por isso decidi escrever um post dando dicas de como ter sucesso no TAF – teste de aptidão física.

Cada concurso determina quais serão as tarefas exigidas, escolhi as mais comuns.

Dicas gerais:

  • Leia o edital com atenção. Cada detalhe do posicionamento do corpo para a execução do exercício é importante.
  • Uma das regras do treinamento é a especificidade do exercício, portanto para ter um ótimo desempenho é preciso treinar o próprio movimento. Se você está parado a muito tempo e não consegue executar o exercício, pode começar a treinar com uma versão mais fácil.
  • Não dá para fazer milagre. Iniciar os treinos com antecedência é fundamental. Quanto tempo você irá precisar? Impossível saber, depende do seu condicionamento inicial, do quanto irá se dedicar e de quanto tempo terá até a prova.
  • A princípio, não é preciso se matricular em uma academia, mas contar com a ajuda de um professor de educação física para lhe orientar pode ser útil. Além de ajudar no treinamento ele poderá dosar as atividades evitando que você exagere no começo, se lesione e acabe de vez com as chances de participar do concurso.

Dicas Específicas

Barra:

Leia também:

Exercícios na barra

Os homens geralmente tem que fazer um determinado número de execuções e as mulheres apenas se sustentar por um tempo.

  • Se você consegue fazer menos do que precisa: monte um cronograma que preveja o aumento gradativo das repetições até alcançar o número desejado. Deixe as últimas duas semanas para treinar resistência.
  • Se você não consegue executar o movimento: Se estiver em uma academia, comece a treinar no gravitron, um equipamento que ajuda na execução de barras. Pode também prender um elástico ou um abanda elástica em uma barra (amarre bem!) em forma de U, faça as flexões na barra ajoelhado no elástico, quanto mais apertado estiver, mais fácil será. Aos pouco vá liberando até conseguir realizar o movimento sem esse auxílio.

Exercícios auxiliares: para complementar seu treino faça exercícios para a musculatura dorsal e para o bíceps.

Flexão de braços:

Leia também:

Flexão de braços: variações

Os homens geralmente tem que fazer com os pés apoiados no chão e as mulheres de joelho.

  • Se você consegue fazer menos do que precisa: monte um cronograma que preveja o aumento gradativo das repetições até alcançar o número desejado. Deixe as últimas duas semanas para treinar resistência.
  • Se você não consegue executar o movimento: Começe a fazer o exrcício de joelhos no chão. Se ainda assim não conseguir começe em pé com as mãos na parede. Vá passando para um plano mais baixo, por exemplo, com as mãos apoiadas no sofá, vá passando para planos mais baixos até conseguir fazer no chão.

Exercícios auxiliares: para complementar seu treino faça exercícios para a musculatura peitoral e tríceps.

Subir na corda

Os homens geralmente podem usar apenas as mãos e as mulheres podem usar a pernas para impulsionar. Essa talvez seja a prova de maior dificuldade.

Exercícios auxiliares: Todos para membros superiores. Barra, escalada indoor.