Portal Fique Informa

Treinar no inverno: 6 dicas para chegar em forma no verão

Treinar no inverno é difícil, o clima frio contribui para a diminuição na adesão à atividade física, a disposição diminui, as roupas cobrem todo o corpo, os objetivos parecem tão distantes que achamos sempre que dá para deixar o treino para o dia seguinte.  Roberto Alexandre, coordenador fitness da Fórmula Academia, unidade Frei Caneca, explica que  durante esta época do ano, sentimos mais fome, o que contribui para o aumento do peso. Em contrapartida, o corpo precisar manter o equilíbrio da temperatura corporal, e gastamos mais energia neste período quando comparado às temperaturas mais quentes. Sendo assim manter a regularidade da atividade física nesta época ajuda a deixar o metabolismo mais acelerado, aumentando de maneira significativa o gasto energético.

O treinar no inverno é perfeito para dar início ao projeto verão. Esta é a hora para descobrir as modalidades que mais agradam, começar uma dieta, adaptar, criar uma playlist com as suas músicas prediletas, e estabelecer metas que possam ser alcançadas no longo prazo. “Não vale focar em resultados rápidos para não correr o risco de se frustar e desistir do objetivo. Para garantir resultados satisfatórios é necessário ter foco e força de vontade, ser persistente, ter paciência e ter ao seu lado profissionais gabaritados para auxiliar nesta jornada”, alerta Eduardo Netto, diretor técnico da Bodytech Company.

Algumas pessoas procuram uma mágica para entrar em forma, mas isso pode colocar em risco a sua saúde. A união do treino com uma alimentação balanceada garantem os efeitos esperados. Esse é o melhor caminho. Os primeiros resultados serão notados em três meses.

Entre os principais benefícios conquistados pela atividade física estão: disposição, melhora na qualidade do sono e do humor, ganho de massa corporal, controle da pressão arterial, e aumento na concentração de endorfina no corpo, substância que promove o bem-estar e é ótima aliada no tratamento de pessoas com depressão.

“Vale alertar que ao abandonar a rotina diária de exercícios todos os ganhos com o treinamento físico são perdidos rapidamente e a pessoa retorna ao estágio semelhante de alguém que não pratica atividade física durante o ano. Com apenas um mês parado já sentimos diferença (perda) nas nossas capacidades cardiovasculares e neuromusculares. Porém, a pessoa com experiência prévia terá muito mais facilidade no retorno ao treino em relação a outra que nunca praticou nenhuma atividade física. Além disso, nosso corpo é muito mais eficiente em ganhar calorias do que em perdê-las.  Portanto, o inverno não é um bom período para se interromper o treino”, declara Netto.

Seis dicas para treinar no inverno e chegar em forma no verão

Clique aqui e inscreva-se no nosso canal do Youtube!

Leia também: Treino Intervalado completo para você fazer

Os coordenadores fitness da Fórmula Academia Roberto Alexandre e Sidnei Rodrigues listaram essas seis dicas para treinar no inverno sem perder o pique da malhação, e chegar em forma no verão.

  1. Ter metas e objetivos bem definidos no médio e longo prazo, incluindo esse período do ano. Essas metas podem ser tanto estéticas como de desempenho. Por exemplo: perder 3 quilos no mês de julho e agosto ou correr 10 km até o início do ano;
  2. Marque uma hora para treinar com um amigo. Além do treino passar mais rápido, será mais divertido. Um motivará o outro para treinar;
  3. Os horários mais frios são no início da manhã (6h até 9h) e da noite (a partir das 19h), portanto procure treinar em horários de frio menos intenso. Para quem trabalha perto da academia, treinar na hora do almoço é uma ótima solução;
  4. Para aqueles que preferem treinar a noite, uma solução é ir direto do trabalho para a academia. Se a pessoa deixar para passar em casa, comer, fazer outras obrigações para depois ir para a academia, logo acaba desistindo da ideia. Leve uma mochila com roupas esportivas e um lanchinho para comer depois do serviço e antes do treino;
  5. Para aqueles que vão treinar somente pela manhã, organize a roupa, lanches e acessórios antes de dormir. Assim você não esquecerá os itens que precisa levar e poderá ficar alguns minutinhos a mais embaixo do edredom;
  6. Para aqueles que precisam ser literalmente tirados da cama para praticar atividade física, o personal trainer é a solução. Muitos desses profissionais atendem em domicílio, tornando muito mais cômoda a prática e economizando o tempo dos alunos. O personal trainer em academia também é muito útil. Quando temos um compromisso marcado com alguém e pagamos por isso a chance de não comparecermos é bem menor.
Sair da versão mobile