Portal Fique Informa

Quem pode usar whey protein?

Muitos leitores nos perguntam quem pode usar whey protein, nossa resposta é sempre a mesma, é preciso consultar um nutricionista para conhecer as necessidades individuais e entender se é recomendado para você tomar whey protein.

O uso mais conhecido é para a otimização do ganho de massa muscular nos praticantes de musculação, mas o whey protein também pode ser usado para emagrecer, para diminuir a perda de massa muscular na velhice e em paciente pós cirurgia bariátrica.

Quem pode usar whey protein

Se associado a uma dieta balanceada e à prática esportiva, informa a nutricionista Daiana Mafort, consultora da Nação Verde, esse pó extraído do soro do leite ajuda a saciar a fome e a controlar o apetite. “Por ser rico em proteína, sua digestão é mais lenta, adiando a vontade de comer. Usado corretamente ajuda aqueles que precisam perder peso”, aponta.

O whey protein ainda estimula o metabolismo, acelerando a queima calórica, evitando que se perca massa magra. Segundo a nutricionista, batido com água, leite ou frutas, esse tipo de suplemento pode ser ingerido pela manhã ou à noite.

“É importante, porém, que a pessoa converse com o médico ou nutricionista antes de começar a tomar o suplemento por contra própria, para avaliação da quantidade certa para cada caso. Muitas fórmulas contêm açúcar e gordura, podendo engordar. E excesso de proteína pode comprometer a função renal”, avisa.

O suplemento também tem sido indicado para idosos com sucesso. Quando envelhecemos, lembra a consultora da Nação Verde, ocorre uma perda significativa de massa muscular e aumento da gordura corporal, por isso é eficaz nesses casos, ainda mais se associado a exercícios de musculação.

Para pacientes, após a cirurgia bariátrica, o whey protein também é uma ótima alternativa. “Como há restrição no consumo de carne nos primeiros três meses após o procedimento, o whey protein supre a necessidade de proteína para esses pacientes”, enumera a nutricionista.

Contra-indicado para pessoas alérgicas à proteína do leite, o whey protein conserva ainda outras potencialidades que estão sendo descobertas. Estudos internacionais já apontaram sua relação com o controle do índice glicêmico (auxiliando pacientes com diabetes), com a prevenção da asma, do colesterol, da hipertensão, além de propriedades anti-inflamatórias e anticancerígenas. São necessários, porém, mais pesquisas de comprovação dessas propriedades.

Não responderemos aos comentários solicitando a prescrição de suplementos.

Procure um Nutricionista.

Sair da versão mobile