Pages Navigation Menu

Exercício, nutrição, saúde e qualidade de vida. Gestão de carreira e Academia.

O que é distensão muscular

Quem pratica esportes ou faz exercícios com frequência, possivelmente já teve pelo menos uma vez distensão muscular. As distensões musculares não são privilégio de atletas podem acontecer com qualquer pessoa e também podem ocorrer em situações cotidianas.

Entendendo seus músculos

Todo músculo saudável tem capacidade de se contrair, se relaxar e se estirar. Isso ocorre através de um complexo mecanismo mecânico e bioquímico, explicado pela teoria dos filamentos deslizantes. As capacidades de contração e estiramento tem um limite que quando excedido causam lesões.

A lesão causada no estiramento do músculo é conhecida como distensão muscular ou estiramento muscular, ela ocorre por um alongamentodas fibras além do seu estado fisiológico ou na fase excêntrica do movimento quando o músculo excede seu comprimento máximo causando o rompimento das fibras.

Tipos de distensão muscular

1º Grau – é a mais comum. Acontece quando há um rompimento de algumas fibras musculares. A dor é localizada, aparece durante a contração contra-resistência e geralmente não aparecem em repouso. Inicialmente a dor não é intensa e permite a continuidade das atividades, ela se intensifica no dia seguinte, quando o corpo esfria.

2º Grau – Ocorre o rompimento de uma maior quantidade de fibras.  Durante o exercício há uma sensação de fisgada, de algo “rasgado”, o que realmente ocorre. Não é possível continuar a atividade em função da dor causada.

3º Grau – Há uma rutura completa do músculo. É a mais incomum, acontece em menos de 1% dos casos. A dor é muito intensa, o edema e o hematoma são visíveis, a lesão é palpável e o tratamento geralmente é cirurgico. Muitas vezes, não têm-se  condições de movimentar a região do corpo onde houve a lesão.
Recuperação: cerca de 21 dias.

Causas da distensão muscular

  • Diminuição na quantidade de colágeno, proteína responsável pela elasticidade do músculo, que pode ocorrer em função do envelhecimento.
  • Problemas nutricionais podem causar perda da elasticidade muscular.
  • Desequilíbrio de força entre os músculos agonista e antagonista.
  • Técnica de execução do movimento incorreta
  • Aceleração e desaceleração rápida do movimento inibindo mecanismos naturais de proteção muscular (OTG – Orgão Tendinoso de Golgi e Fuso Muscular).

Músculos mais atingidos

Qualquer músculo pode sofrer uma distensão muscular, mas existem alguns mais propensos à este tipo de lesão. São eles: posteriores da coxa, os músculos da panturrilha, musculatura interna da coxa (adutor) e o músculos anteriores da coxa (quadríceps). A parte geralmente atingida é a junção músculo-tendão ou a região distal do ventre muscular

Tratamento da distensão muscular

A medida imediata é aplicação de gelo com elevação do membro e suspensão da atividade. Nos casos mais leves apenas o repouso durante alguns dias será suficiente para a recuperação.

Em casos mais graves é necessário fazer fisioterapia com o uso de aparelhos e crioterapia para diminuir a inflamação e promover o alívio da dor, além do uso de exercícios terapêuticos.

Prevenção da distensão muscular

A distensão muscular pode ser prevenida fazendo um bom trabalho de condicionamento físico, trabalhando os músculos de forma equilibrada, sem esquecer do trabalho de flexibilidade. Manter-se hidratado e bem nutrido e respeitar os limites individuiais, também ajudam na prevenção.

13 Comentários

  1. a um anos e seis mesis, fiz fisioterapia, tomei entiflamatorio, tomei joint max, faço uso de dmae até agora , pensei q estava curada meu braço piorou estar cada vez pior, o q devo fazer?sai da academia devo continuar?
    • Respondendo para a Florisa

      Oi Florisa!

      Essas coisa às vezes levam muito tempo para melhorar 100%. Minha sugestão é que retorne ao médico para avaliar. Suspenda os exercícios que causam dor e depois retorne aos poucos, sempre respeitando seus limites.

      Um abraço

      Profa. Esp. Denise Carceroni

  2. Boa Noite, eu sou atleta de taekwondo, e sofri com algumas lesões na parte posterior da coxa, oque levou a um edema, que a médica disse ser uma “hernia”,disse que a camada que protege o músculo rompeu,e que não posso mais malhar e nem fazer atividades com grande intensidade. mas não quer operar por considerar a lesão pequena, fiquei confusa sem entender.
    • Oi Débora,

      Minha sugestão é que consulte um outro médico para ter mais uma opinião. Um médico do esporte, é claro.

      Abraços

      Profa. Esp. Denise Carceroni

  3. por favor estou com uma dor no Quadri do lado Esquerdo, na foi ao medico, tomei remedio e agora so faço alongamentos e faço compressas, mas ainda nao vi melhoras e doi pouco mas doi, o que devo fazer?
  4. Olá, há alguns anos fazendo musculação tive um problema no ombro direito, que me resultou inúmera fisioterapias, a dor só reaparece quando forço muito o braço.
    Voltei para academia essa semana, pois estava muito parada mesmo só ficava sentada na frente do computador ou de livros. Daí a dor está voltando, de forma bem fraca mas estou sentindo um incomodo no braço/ombro. Devo continuar com a academia, ou suspender os exercícios que forçam muito o braço pode resolver?
    • Oi Paula,

      É preciso entender quais são os movimentos que causam essa dor. Observe se é incômodo fazer o movimento como o abrir de uma porta ou como se fosse pegar o cinto de segurança no carro (abdução com rotação externa). Esse é o movimento mais comum e que causa dor e limitação nos ombros.

      Não é necessário deixar os treinos, mas adaptar os exercícios que você faz e fazer um fortalecimento específico para o problema. Converse com seu professor.

      Abraços

      Profa. Esp. Denise Carceroni

  5. Obrigada Professora!!!
  6. Ola
    Sempre tenho muitas caimbras na panturrilha e, sinto dores musculares direto, esse fim de semana fiz uma caminhada muito longa, e a noite não conseguia coloacar os pés no chão e caminhar, coloquei gelo tomei alguns anti inflamatórios, mas ainda não passou… isso pode ser alguma coisa grave, não procurei ainda um médico, desde ja agradeço…bjos!!!!
    • Oi Jana,

      Temos duas situações. Ter caimbras direto, sem ter um motivo, pode ser indício de alguma deficiência de nutrientes, nada que tenha sido comprovado cientificamente, mas pode acontecer. Ter caimbras após uma longa caminhada, pode ser absolutamente normal, principalmente se você usa muito a ponta dos pés (metatarso).

      Convém procurar um médico para investigar.

      Abraços

      Profa. Esp. Denise Carceroni

  7. Professora,

    Obrigado, pelo espaço/oportunidade.

    Ontem, uns cinco minutos após iniciar uma “peladinha” de futebol, num momento de esforço para tentar chegar a uma bola, antes do adversário, senti uma dor repentina na parte posterior da coxa (acho que é no semitendíneo), logo acima da curva (uns 10 cm.), e mais para o lado de fora. Parei imediatamente e, chegando em casa, coloquei gelo. Parece ser um caso simples, pois a dor não foi tão intensa, não houve inchaço nem hematoma. Continuo colocando gelo. Está um pouquinho sensível ao andar.
    A Professora teria alguma recomendação, para este caso?
    Muito agradecido.
    Marcos

    • Oi Marcos,

      O procedimento é esse mesmo. Faça também repouso, não force a musculatura, se for realmente simples a recuperação deve ocorrer de 3 à 7 dias. Passada uma semana se a dor para se movimentar persistir, vale buscar a opinião de um médico.

      Abraços e melhoras!

      Profa. Esp. Denise Carceroni

Trackbacks/Pingbacks

  1. Distensão muscular » Athletic - Equipamentos de Ginástica, Esteiras, Bicicletas, Estação de Musculação, Elípticos - [...] http://www.fiqueinforma.com/saude/lesoes/o-que-e-distensao-muscular/ Compartilhe com seus [...]

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>